Seja bem-vindo ao OpenBrasil.org

Holocausto brasileiro



Holocausto brasileiro

“Dei esse nome primeiro porque foi um extermínio em massa. Depois porque os pacientes também eram enviados em vagões de carga (ao manicômio). Quando eles chegavam, os homens tinham a cabeça raspada, eram despidos e depois uniformizados”, explica a autora. Daniela não foi a única a comparar Colônia ao holocausto. No auge dos fatos, em 1979, o psiquiatra italiano Franco Basaglia visitou o hospício com a intenção de tentar reverter o que ocorria no local. “Estive hoje num campo de concentração nazista. Em nenhum lugar do mundo presenciei uma tragédia como essa”, disse na ocasião.

Descrição: Holocausto brasileiro: 60 mil morreram em manicômio de Minas Gerais

Livro: Holocausto brasileiro - Jornalista Daniela Arbex

Fonte: Renan Truffi - iG
Foto: Divulgação/Luiz Alfredo/Revista O Cruzeiro


Holocausto brasileiro - OpenBrasil.org
Página anterior Próxima página

DICA DE LEITURA

DICA DE LEITURA
Holocausto brasileiro - Daniela Arbex